• TRANSFORMAÇÃO DIGITAL

    Gerenciamento da sobrecarga de dados na economia sob demanda

    O Paradoxo dos dados, com base em um estudo realizado pela Forrester Consulting em nome da Dell Technologies, busca descobrir o que está impedindo que as empresas transformem dados em insights acionáveis.

    • A sobrecarga de dados se tornou uma barreira significativa para a transformação

      O Índice de transformação digital da Dell Technologies 2020 revelou que "a sobrecarga de dados e a incapacidade de extrair insights dos dados" é a terceira maior barreira para a transformação digital, um salto do 11º lugar em 2016. Para descobrir o que está impedindo que as organizações aproveitem seus dados, a Forrester entrevistou 4.036 líderes responsáveis por estratégias e gastos com dados em mais de 40 locais.

    • A economia sob demanda está produzindo um grande fluxo de dados

      Apesar de serem o maior ativo de uma organização, os dados podem, paradoxalmente, se tornar a maior barreira para a transformação. Essa probabilidade aumenta à medida que a crescente economia sob demanda gera uma enorme quantidade de dados, incluindo novos tipos de dados em novos locais, e alimenta as expectativas de que os dados em movimento serão processados em tempo real. 

    • A pesquisa revelou os principais paradoxos dos dados:

    • decorativo

      As empresas acreditam que são orientadas por dados, mas não priorizam o uso de dados em toda a organização.

    • decorativo

      As empresas precisam de mais dados, mas já têm mais dados do que conseguem processar no momento.

    • decorativo

      Muitos acreditam nos benefícios do "aaS", mas somente alguns fizeram a transição para um modelo desse tipo.

    • As empresas desejam mais dados do que conseguem processar

      67% das empresas afirmam que precisam constantemente de mais dados do que seus recursos atuais fornecem1. No entanto, as análises estão ficando abaixo da demanda. O número de empresas que afirmam estar analisando mais dados é apenas metade daquelas que notaram um aumento na demanda por dados.


    • As empresas estão exagerando sua identidade de dados

    • 66%

      das empresas se consideram organizações orientadas por dados, mas apenas... 1             

    • 21%

      estão tratando os dados como capital e priorizando seu uso em toda a empresa.1

    • Avaliação da prontidão de dados das empresas

      Para ajudar as empresas a lidar com a crescente  economia sob demanda, a Forrester classificou a prontidão de dados dos entrevistados com base na capacidade técnica de gerenciar e analisar dados, na cultura de dados e nas habilidades com dados. O resultado? A maioria das empresas teve um desempenho fraco, com pontuações baixas em cultura e capacidade técnica. 

    Resultados globais 2021

    novatos

    Técnicos

    Entusiastas

    Campeões

    Altos processos/tecnologia

    Baixos processos/tecnologia

    Altas habilidades/cultura

    Baixas habilidades/cultura

    • Barreiras para revelar o verdadeiro valor dos dados

      Há muitas barreiras para melhorar a captura, a análise e o aproveitamento de dados para obter informações acionáveis. As principais barreiras para alcançar a excelência de dados são:


    • A criação de uma cultura pronta para os dados é essencial

      A descoberta de insights dos dados exige as habilidades e a cultura certas. Para conseguir uma cultura pronta para o uso de dados, os entrevistados estão fazendo essas mudanças enquanto criam estratégias para o futuro:

      • decorativo

        Hoje

        • Oferecer treinamentos e certificações em alfabetização de dados

        • Definir destinos de desenvolvimento pessoal orientados por dados

        • Estabelecer equipes multifuncionais e processos de QA mais sólidos para garantir a transparência dos dados
      • decorativo

        Futuro

        • Incentivar os funcionários a inovar com dados e análises

        • Tratar dados como capital e priorizar seu uso em todas as funções de negócios

        • Executar iniciativas para promover a democratização dos dados
    • Investir em tecnologia para automatizar e ampliar

      As empresas também precisam da tecnologia e dos processos certos para gerenciar seu capital de dados. Para reduzir a lacuna de dados, os entrevistados planejam investir nas seguintes áreas nos próximos 1-3 anos:

    • Aproveitar o potencial do modelo "as a service"

      Embora atualmente apenas 20% das empresas tenham transformado a maior parte dos aplicativos e da infraestrutura em modelos "as a service", a maioria tem planos de fazer isso no futuro1. O estudo sugere que as empresas estão percebendo os benefícios dos modelos "as a service":

    • Tornar-se uma empresa que prioriza os dados, em qualquer lugar

      Embora a economia sob demanda impulsione o crescimento sem precedentes nos dados, ela também é o caminho para oferecer às empresas a agilidade, os recursos e a flexibilidade de que elas precisam para transformar a sobrecarga de dados em vantagem de dados.

      Com a tecnologia sendo o melhor nivelador, qualquer empresa pode alcançar uma posição privilegiada e aproveitar o grande valor da expansão de dados.


    • 1 Fonte: estudo encomendado em maio de 2021, "Unveiling Data Challenges Afflicting Businesses Around The World", realizado pela Forrester Consulting em nome da Dell Technologies. Base: 4.036 diretores e responsáveis pela tomada de decisões de dados e estratégias de dados na América do Norte, Europa, Ásia, Pacífico e Japão, Grande China ou América Latina.